Quais os equipamentos corretos para tocar em um bar?

-

Para tocar em bares faz-se obrigatório o uso dos equipamentos corretos de forma que toda a performance e a qualidade sonora saem perfeitos.

Começar um show de bar com uma estrutura de som na qual você está perdido pode ser confuso. No entanto, temos uma solução fácil para você – vamos explicar o equipamento necessário para tocar em bares.

Equipamentos de alta qualidade impactam diretamente no desempenho geral da banda.
Esta informação é vital, independentemente da configuração que você está usando.

A partir do momento que você terminar de ler este artigo, você entenderá tudo o que sua próxima apresentação exige.

Não há tempo a perder – vamos começar!

Os bares precisam configurar um som para tocar.

Os músicos não precisam trazer seu próprio equipamento para qualquer lugar já equipado com uma estrutura de som. Muitos locais já possuem estruturas adequadas que podem utilizar.

Este documento lista todos os equipamentos necessários que um músico precisa para tocar confortavelmente e com boa qualidade de som. A ordem dos equipamentos reflete o fluxo do sinal, tornando mais fácil para os leitores entender como os dispositivos se conectam entre si.

Proponho continuarmos com a lista de equipamentos disponíveis para uso em bares.

Microfones

Enquanto um microfone ruim pode arruinar completamente uma apresentação inteira, o microfone dinâmico de um cantor súpera os condensadores em ambientes ao vivo.

Esses microfones têm baixa sensibilidade para não detectarem facilmente feedback e problemas de áudio.

Existe uma ampla gama de faixas de preço para modelos de microfone. Audio-Technica, AKG, Shure e Samson são algumas marcas a serem consideradas para microfones duráveis ​​e de alta qualidade.

LEIA:  As 7 melhores estratégias de promoção musical para artistas independentes.

Alternativamente, Behringer, Arcano e outras marcas têm uma boa relação custo-benefício. Se você não quer gastar muito dinheiro com um microfone, essas marcas oferecem ótimas opções.

A escolha de modelos específicos de instrumentos musicais, como guitarras, baterias e percussões, é importante na hora de microfonar instrumentos.

Isso garante que as frequências de cada fonte de som sejam gravadas e extraídas corretamente.

Instrumentos

É crucial garantir que seus instrumentos musicais estejam em boas condições durante a apresentação. Quer você toque guitarra, baixo ou bateria, é importante afinar seu instrumento perfeitamente e sem ruídos.

Além disso, traga seu instrumento para o show! Evitar constrangimento público é uma consideração ao comprar amplificadores. Isso ocorre porque a mesma lógica se aplica a todos os amplificadores.

Além de amplificadores e outros equipamentos, os músicos também apreciam recursos adicionais de som, como loops. Também excelentes para guitarristas são os pedais de loop. Grave camadas e camadas de som com uma base usando este equipamento.

O público vai adorar; você pode ter certeza disso!

Ao redor dos comensais há uma mesa de som.

Quando instrumentos e microfones enviam seus sinais para os mixers, que são como unidades controladoras de áudio, tudo tem que passar.

Os mixers permitem que os usuários ajustem os volumes de cada canal, além de adicionar efeitos e equilibrá-los.

Os bares usam caixas de som para apresentar música. Essas placas usam um dos dois formatos analógicos ou digitais.

Uma placa analógica oferece maior fidelidade, enquanto uma placa digital geralmente vem com recursos adicionais.

É importante definir a quantidade de canais para uma mesa com base na quantidade de instrumentos e microfones que precisam ser conectados. Recomenda-se que as barras pequenas tenham pelo menos quatro canais.

Adicionar recursos extras pode ser muito útil.

Isso pode incluir a capacidade de reproduzir arquivos de um telefone celular ou unidade USB, ou até mesmo incluir reverberação na voz.

LEIA:  Os 4 melhores sites para músicos e bandas para hospedar música

Certifique-se de prestar atenção aos recursos adicionais ao escolher uma narração.

Existe uma variedade de opções de orçamento e sabor ao comprar bens de consumo. Para artistas com orçamento apertado, considere comprar as caixas de som produzidas pela Arcano, Behringer ou Soundcraft por um preço justo.

Esses produtos cabem em qualquer orçamento e gosto.

Caixas de som

Os bares querem caixas que produzam a melhor qualidade de som. Qualquer baterista deve saber disso; as pessoas no PA precisam de um sinal estéreo final para serem amplificadas.

Eles não se importam com a armadilha que escolhem; eles só se preocupam com a qualidade do som.

Dada precedência aos amplificadores que vêm como padrão para os participantes ativos. Ao conectar o mixer diretamente nos alto-falantes, você evita a necessidade de um amplificador externo.

Isso é conveniente, não é?

Ao configurar um sistema estéreo, é importante usar um conjunto de alto-falantes para criar uma imagem de áudio interessante.

No entanto, para aplicações como guitarra ou reprodução de voz, um único alto-falante também pode funcionar.

Considerando as necessidades de energia, um bar típico para 100 pessoas pode ser adequadamente alimentado por um sistema de 500 Watts com um alto-falante de 10″.

Muitas marcas produzem modelos de alta qualidade a baixo custo, incluindo JBL, Mackie, Lexsen, Behringer, Staner e Brands.

Retorno do som.

Ao tocar música, todo músico entende o significado de se ouvir tocar. Infelizmente, isso é impossível ao usar fones de ouvido ou uma caixa. Existem duas soluções principais para esse problema: caixas ou fones de ouvido.

Um monitor de primeira classe está voltado para os artistas em vez do público, como um monitor de palco. É cada vez mais comum músicos profissionais usarem fones de ouvido enquanto tocam; isso ajuda a manter o áudio da apresentação limpo.

Ao se apresentar em compassos, ouça-se corretamente para poder escolher a opção certa.

LEIA:  5 dicas sobre como compor para outras pessoas.

Acessórios

Certos equipamentos não são importantes para uma apresentação ao vivo, mas ainda assim são necessários para uma apresentação bem-sucedida.

Garantir que você tenha esses itens pode ajudá-lo a tocar em bares: microfones, fones de ouvido e outros equipamentos.

Cabos;
Sintonizador;
Apoia;
pedestais;
É necessário um conjunto de strings adicional.
Dispositivos que usam bateria incluem células e baterias.
Uma fonte de alimentação ou amortecedor.
Um filtro de linha remove linhas de uma imagem.
Extensão;
Plugues que podem ser trocados entre tomadas vêm em vários formatos e tamanhos.
Voltímetro;
Alicates e uma chave de fenda são necessários para qualquer trabalho de reparo.

Tocar em bares requer considerações especiais sobre equipamentos.

Para garantir o armazenamento e transporte adequados deste equipamento, você deve primeiro obter os itens listados.

Mova equipamentos frágeis embalando-os em caixas ou sacos. Faça isso para evitar danos ou quedas ao mudar para um novo local.

Além disso, armazene os equipamentos em locais com baixa umidade e temperatura confortável. Após cada show, limpe seu equipamento rapidamente. Isso faz com que o equipamento dure mais e evita problemas.

Sempre dê o seu melhor e seja bem treinado quando se apresentar ao vivo. Música de qualidade não vem de apresentações ruins; precisa de preparação e um bom repertório.

E não se esqueça de se concentrar em ser bem ensaiado!

E aí, gostou deste artigo sobre dicas para tocar em bares?

Então deslize a tela para baixo e confira mais dicas como esta e não se esqueça de compartilhar com os amigos!

Quer mais dicas sobre o mundo da música e dos instrumentos? Então confira alguns dos nossos artigos em:

clube do musico
clube do musico
O clube do músico é uma idéia criada por uma turma de amigos de longa data, que colocaram o seu knowhow em música e ambiente online, para criar um conjunto de idéias e soluções únicas na área musical. André Curci é músico profissional, guitarrista profissional, produtor musical, sideman, professor de música há mais de 30 anos, bem como empreendedor no mercado musical. Como guitarrista profissional, hoje atua nas bandas de trabalho autoral Statues on Fire e Euphúria. André toca guitarra, violão e contrabaixo. Daniel kroll é um designer por formação, empreendedor de coração e músico, baterista por paixão. Especializou-se em Neuromarketing Digital e hoje dedica-se a trabalhos voltados a tecnologia de ponta e educação a distância.

Posts recentes:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Comentários recentes